Projeto Vamos ao Teatro difunde a cultura e encanta público de Itajaí_88621-Fotógrafo(a) _ Marcos Porto

Projeto Vamos ao Teatro difunde a cultura e encanta público de Itajaí

Projeto Vamos ao Teatro difunde a cultura e encanta público de Itajaí

Comunidades do Limoeiro, Brilhante 1 e 2 e Campeche foram contempladas na primeira edição

A cultura de Itajaí alcançou um novo patamar com a realização do projeto inédito “Vamos a Teatro”, da Fundação Cultural. O Teatro Municipal recebeu, na noite de quinta-feira (28), cerca de 200 pessoas para assistir a peça “Água Mole em Pedra Dura”, da Companhia Anchieta Arte Cênica. Com a iniciativa gratuita e aberta a toda a comunidade, boa parte das pessoas pisaram pela primeira vez em um teatro.

Nesta primeira edição, foi decidido pela organização que pessoas dos bairros Limoeiro, Brilhante 1 e 2 e Campeche seriam as escolhidas no primeiro momento.

“Foi uma das coisas mais incríveis que presenciei, porque pude ver um povo feliz, reconhecido, emocionado. Perguntei se era a primeira vez de alguém no teatro e muitos levantaram a mão. A autoestima do povo estava nas nuvens”, comenta Normélio Pedro Weber, Superintende da Fundação Cultural de Itajaí.

É válido ressaltar que, apesar da proposta ser a difusão do teatro nos bairros do Município, a população de todas as localidades pode comparecer nos dias de evento. Outro ponto é o retorno autorizado ao Teatro às pessoas dos bairros que já presenciaram os espetáculos. Entretanto, o transporte será disponibilizado apenas para os bairros programados.Projeto Vamos ao Teatro difunde a cultura e encanta público de Itajaí_88621-Fotógrafo(a) _ Marcos Porto

“Nós, da administração, pensamos em criar um projeto gratuito e com transporte para todos. O resultado foi o melhor possível, com famílias inteiras vindo nos cumprimentar e agradecer por essa oportunidade única”, afirma Lucia Mendes, diretora do Teatro Municipal de Itajaí.

O projeto forneceu três ônibus gratuitos para que a população pudesse chegar ao Teatro Municipal. Mesmo assim, se achasse necessário, o público poderia ir por conta própria assistir à peça.

“Como ator, não existe coisa melhor do que apresentar um espetáculo de linguagem popular para pessoas que nunca foram ao teatro. Foi uma experiência maravilhosa”, destaca Valentim Schmoeler, um dos atores do espetáculo.

Os líderes de cada comunidade foram os mediadores da ação, com a entrega de convites impressos para a população em geral. Cada um destes ficou responsável por conferir os nomes dos interessados e de confirmar o comparecimento deles dentro do ônibus.

Próximas edições

A programação vai se estender até novembro deste ano no Teatro, sempre com um espetáculo diferente contemplado por meio do Edital Compra de Espetáculos. As comunidades do Km 12, Arraial dos Cunha, Paciência, Baia e Itaipava serão as próximas a visitar o espaço cultural e acompanhar um novo espetáculo no dia 26 de julho (quinta-feira).

No mês de agosto, o público dos bairros Espinheiros, São Roque, Santa Regina, Portal e Salseiros poderão participar no dia 03 (sexta-feira). No dia 18 de setembro (terça-feira), é a vez da população de Cordeiros prestigiar o Vamos ao Teatro.

Em outubro, chega a hora do São Vicente ser escolhido para o evento no dia 05 (sexta-feira). E para finalizar, a comunidade do São João terá a oportunidade de aplaudir de pé o espetáculo no dia 02 de novembro (sexta-feira, feriado de finados).

“A ideia é que, em 2019, o projeto Vamos ao Teatro ocorra uma vez por mês e ajude a criar ainda mais plateia na cidade”, diz Normélio.

Sobre a peça

A comédia de costumes “Água Mole em Pedra Dura”, adaptada da obra “Amor por Anexins”, de Artur de Azevedo, acompanha Isaías. Solteiro, não tem uma aparência muito agradável e é aposentado, com economias a render.

É conhecido por conversar com as pessoas por meio de ditados populares (anexins). É desta forma que o senhor, com muito gracejo, investe na conquista da jovem viúva. Inês, costureira de profissão, está interessada em um jovem que procede de uma situação financeira abastada. Conforto e luxo é tudo o que ela quer.

Em uma carta, o pretendente informa o fim do romance, pois encontrou outra pessoa e que por ela se apaixonou. Desiludida, resolve aceitar o pedido de Isaías.

Compartilhe nas Redes Sociais:

Nenhum comentário.

Escrever um Comentário

Tem alguma crítica, dúvida ou sugestão em relação à publicação? Então deixe o seu comentário e entre na discussão!

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>